Samsung e Intel fazem parceria com Linux Foudation

tizen A Linux Foundation anunciou na quarta-feira (28/09) o Tizen, um novo sistema operacional Linux baseado em código aberto para celulares e dispositivos de consumo com base em padrões Web.

A Intel e a Samsung, patrocinadores oficiais do projeto, já tiveram plataformas próprias antes, como o MeeGo e o Bada, e nenhuma delas foi particularmente bem sucedida, pelo menos em comparação com o Android ou o iOS.

O envolvimento da Samsung – em conjunto com sua decisão de entrar em um acordo de licenciamento Android relacionado aos direitos de patentes com a Microsoft – parece uma declaração de independência do Google, que deve se tornar mais um concorrente direto para a Samsung, como resultado da compra da Motorola Mobility.

A Linux Foundation diz que as interfaces de programação de aplicativos do Tizen são baseados em padrões HTML5 e Web, o que garante que os desenvolvedores não irão sofrer para criar apps.

O Tizen pode oferecer para a Intel, Samsung e outros fabricantes de hardware acesso a um sistema operacional móvel, sem taxas excessivas ou restrições, mas não está claro por que os desenvolvedores gostariam de criar aplicativos para a plataforma ao invés de aplicativos Web ou aplicativos nativos.

Os desenvolvedores já podem escrever aplicações móveis usando tecnologias Web em uma variedade de plataformas de desenvolvimento, tais como Appcelerator, PhoneGap e Rhomobile, em seguida, implantá-los como aplicativos nativos para vários sistemas operacionais móveis.

Certamente, as APIs Tizen em HTML5 serão apreciadas – os desenvolvedores podem usar suas habilidades existentes ao invés de aprender uma nova linguagem de programação – mas eles provavelmente querem ferramentas, serviços e lojas de aplicativos que aceleram e complementam o processo de criação.

A Linux Foudation diz que o Tizen é destinado não só para celulares, tablets e netbooks, mas também para sistemas de bordo e TVs. Para os fabricantes de eletrônicos de consumo e os fabricantes de automóveis, o sistema operacional poderia ser mais acessível do que pagar por uma licença Microsoft para usar o Android, pelo menos até os processos de patentes HTML5 começarem.

O SDK Tizen está programado para ser lançado no primeiro trimestre de 2012.

Fonte:Eric Zeman

Tags:

About Desmonta&CIA

Somos um blog que busca informar aos apaixonados por tecnologia tudo sobre o mundo de TI.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: