Como criar um pendrive de primeiros socorros para o seu computador

pendrive de primeiros socorros Boa parte dos usuários que usa o computador em casa ou no trabalho encara essa ferramenta como um mero eletrodoméstico: não importa o que acontece dentro deles, desde que funcione. Mas, existem ainda aqueles que veem o PC como uma maravilha tecnológica e gostam de esmiuçar suas funcionalidades e saber exatamente o que acontece depois de apertar o botão “power”.

Se você se encaixa nesse segundo grupo, certamente já deve ter sido requisitado para salvar o dia de alguém, quando um amigo ou parente se vê em apuros com seu computador que não sai mais da “tela preta” antes de entrar no Windows, ou quando um determinado programa trava sempre que é aberto.

Para isso, um pendrive “mágico”, com os aplicativos de recuperação para os problemas mais comuns, vai ser um grande aliado. O Baixaki/Tecmundo preparou esse guia que vai ajudar você a selecionar os melhores programas de recuperação, equipando você para ser um verdadeiro “paramédico high-tech”. Confira!

Pré-requisitos

– Pendrive (quanto maior, melhor)

Faça você mesmo

Falar sobre todos os tipos de problemas recorrentes em computadores seria algo muito abrangente, difícil de lidar. Pior ainda seria listar todos os aplicativos que poderiam resolver um ou mais desses problemas. Por isso, vamos nos limitar a algumas ferramentas mais indicadas para as emergências mais comuns, separando-as por tópico.

Diagnóstico

Salvo os casos em que a máquina nem inicia, você com certeza vai precisar fazer uma boa análise do atual estado do computador. As ferramentas abaixo serão úteis na hora de saber o que está ou não instalado e ser mais certeiro na escolha da solução adequada.

HWiNFO32 Portable: com este aplicativo, você pode ter uma visão ampla sobre as principais especificações do hardware sendo usado, tudo em uma tela só. Dados vitais, como modelo e versão do CPU e até do chipset estarão presentes em uma interface clara e objetiva.

Dessa forma, problemas como mau funcionamento de drivers ou configurações mal calibradas poderão ser identificados com mais facilidade. O HWiNFO32 não precisa de instalação para funcionar, sendo ideal para ser executado direto do pendrive. Mas lembre-se de descompactá-lo antes de transferir o arquivo para a unidade removível.

Hijack This: pode fazer milagres nas mãos de quem sabe usá-lo, mas aprender como tirar proveito de seus recursos pode ser um desafio e tanto. O que esse programa faz é criar um relatório completo sobre parâmetros “atípicos” do sistema, como modificação em DLLs, registros do Windows que foram alterados e muito mais.

Se você já tem uma ideia de onde pode estar o problema, como o nome de um programa possivelmente malicioso, vale a pena conferir se o “suspeito” não aparece alguma vez no relatório de Hijack This. Depois disso, ainda é possível usar a opção “Analyze This” sobre um item específico para obter mais informação sobre ele online.

Folder Size For Windows: todo o espaço do HD está sendo consumido e você está com dificuldades em achar o culpado? Esse prático aplicativo pode tornar isso muito mais fácil, corrigindo a “falha” do Windows de só mostrar o “Tamanho” em detalhes para arquivos, deixando essa valiosa informação em branco para as pastas.

Assim, você vai poder descobrir rapidamente o quanto de espaço que cada pasta está consumindo, sem precisar visualizar as “Propriedades” de cada uma delas. Isso pode agilizar muito na hora de encontrar aquela pasta suspeita que esteja ocupando mais espaço do que deveria.

CheckDiskGUI: como o nome sugere, o CheckDiskGUI faz uma análise de um ou mais discos rígidos instalados no computador, verificando se existe alguma área de armazenamento corrompida ou danificada (Bad Blocks).

Na verdade, ele não faz muito mais do que a ferramenta “Check Disk” padrão do Windows, mas possui uma interface mais amigável e de fácil acesso. Também não precisa de instalação e vai ocupar pouco espaço no pendrive: menos de 1 MB.

Tratamento

Agora que já temos as ferramentas de auxílio na tomada de decisões, chegou a hora colocar a mão na massa e executar as ações que podem melhorar a saúde do computador. Confira abaixo os aplicativos que poderão ajudar na hora de “dar alguns pontos” no ferimento.

CCleaner: O nome do programa é uma abreviação de "Crap Cleaner", ou seja, limpador de porcarias. Com ele, você efetua uma limpeza completa no seu PC, apagando arquivos desnecessários e restaurando um pouco do desempenho perdido.

Ubuntu Live Creator: uma alternativa de sistema operacional para ser instalado e iniciado do pendrive. Com ele, você pode usar a unidade removível para fazer o boot no PC em situações em que o Windows não inicia mais, útil para acessar o HD da máquina e salvar os arquivos em um lugar seguro antes de formatá-la.

Perceba que o Ubuntu Live Creator não vem com o próprio sistema operacional, já que é sempre provável que uma versão mais nova do Ubuntu esteja disponível para baixar. Você poderá fazer download pelo próprio aplicativo ou procurar pela web livremente. Mesmo depois de criar o “disco de boot” USB, você ainda poderá adicionar mais programas no pendrive, dividindo espaço com os arquivos do Ubuntu.

AVG Rescue CD (pendrive): um conjunto de ferramentas que permite a inicialização do computador que está com o Windows inutilizado por causa dos vírus e malwares. Ele também é capaz de varrer o disco rígido e remover as ameaças que forem encontradas.

ClamWin Free Antivirus Portable: uma versão portátil e gratuita do ClamWin, ideal para ser mantido em pendrives. Ele não precisa ser instalado, mesmo assim, o banco de dados das vacinas pode ser atualizado antes do uso. É importante lembrar que esse aplicativo não é um antivírus que monitora o computador em tempo real, mas sim uma ferramenta que precisa ser iniciada pelo usuário para poder atuar.

Pós-operatório

Agora que o PC voltou a funcionar e está revigorado, vamos listar alguns aplicativos básicos que deveriam estar em todos os computadores, como descompactadores, codecs de vídeo, entre outros. Assim, você não vai precisar baixá-los quando o acesso à internet for muito lento ou inexistente.

WinRAR: descompactador de arquivos no formato ZIP, RAR e muitos outros. Indispensável para quem usa a internet, já que muitos dos arquivos que baixamos hoje vêm com essas extensões. A última versão do WinRAR tem total compatibilidade com o Windows 7.

K-Lite Codec Pack Full: um pacotão de codecs para rodar todos os tipos mais comuns de vídeos que baixamos da internet. Ele também vem com o Media Player Classic, uma alternativa mais robusta para o tocador de vídeos padrão do Windows.

Foxit PDF Reader: um leitor de arquivos PDF pequeno e gratuito. Muito útil para abrir aqueles arquivos de texto no formato mais difundido da web. Como se trata de um formato proprietário, não há possibilidades de abrir arquivos PDF usando apenas o Windows.

Avast! Free Antivírus: como não poderia faltar, também listamos um antivírus permanente que deverá ficar na máquina e monitorar em tempo real os programas e arquivos que o usuário baixar ou usar. Existem muitas opções de antivírus disponíveis, mas, como tínhamos de escolher um, optamos pelo que tem o maior número de downloads.

Mozilla Firefox: é bem comum haver dificuldades na hora de atualizar o browser padrão do Windows, o Internet Explorer, algo que é essencial para uma navegação segura. Sendo assim, manter uma alternativa gratuita de navegador no pendrive pode ser uma boa ideia.

Saibam usar bem essas ferramentas, pois sabendo como utilizar as ferramentas você estará fazendo um ótimo trabalho de suporte ao seu cliente e estará também preservando as informações contidas neste equipamento.

 

Fonte:Jonathan D. Machado

Tags:

About Desmonta&CIA

Somos um blog que busca informar aos apaixonados por tecnologia tudo sobre o mundo de TI.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: