Mudar é essencial para sua carreira

mudancaMudança… essa é uma palavra que ao ser pronunciada, move ou trava muita gente. As mudanças fazem parte de nossa vida, mudar de escola, de faculdade, de cidade, de país, trabalho etc. Atualmente, temos mais consciência disso e ainda assim, muitas pessoas torcem o nariz quando o assunto é mudança.

Peter Drucker já disse que nunca, na história da humanidade, tivemos tanto poder de decisão sobre a própria vida como agora. Você pode decidir se vai ser médico ou artista, viver no Norte ou no Sul, quantos filhos terá. Pense na vida de seus avós e você rapidamente concordará com Drucker. (Revista Você S/A_maio 2004).

Reflita um pouco sobre o que diz o sábio Drucker, e verá que na vida profissional, como na pessoal, somos convidados ou sugestionados a mudar nossos caminhos e que o poder para fazer isso acontecer está em nossas decisões. Muitas vezes encaramos isso como uma fraqueza, quando na verdade, ver a mudança como algo positivo, demonstra que não somos acomodados e nos preocupamos em ter prazer naquilo que fazemos. Leia abaixo algumas palavras de Oprah Winfrey*, que mostra como é fundamental gostar do que se faz:

“Quando eu tinha 22 anos e ganhava 20 000 dólares por ano, pensava em como seria feliz se chegasse aos 40 com uma renda de 40 000 dólares anuais. O que eu não sabia na época era como estava me limitando. Acredito que cada um de nós tem um chamado pessoal que é único. O melhor caminho para o sucesso é descobrir o que você ama, trabalhar duro, oferecer seus serviços aos outros e deixar que o Universo guie você. A chave para realizar um sonho é focar em seu significado – e não no sucesso. Assim, tudo fará sentido para você”.

*Oprah Winfrey, 50 anos, é empresária e uma das apresentadoras de TV mais famosas dos Estados Unidos. Tem uma fortuna estimada em 210 milhões de dólares e, neste ano, foi a terceira colocada da lista das 100 personalidades mais influentes do mundo, publicada pela revista Fortune. O trecho acima foi escrito por ela na revista The Oprah Magazine. (Revista Você S/A_setembro 2004).

Temos que encarar nossa carreira com muita clareza e alinhar, desde cedo, o pessoal ao profissional, equilibrando as duas coisas. As empresas modernas precisam de pessoas inovadoras, comprometidas, com bom humor e preparadas – acima de tudo – para mudanças, já que os clientes mudam suas necessidades a cada dia. Sua carreira precisa estar alinhada com seus valores; os da empresa também devem coincidir com o que você acredita.

Qualquer mudança requer planejamento e acima de tudo autoconhecimento, pois sabendo quem somos, podemos determinar nossos objetivos e planejar com eficácia nosso futuro. Quero ressaltar que não existe”certo” ou “errado”, se você não sabe o que quer da vida, certamente será infeliz. Leia abaixo um trecho do artigo de Arthur Diniz* “Coaching para iniciantes”, para entender melhor o que estou falando:

“Afinal, buscar a empregabilidade não é ‘o certo’? Creio que é importante ressaltar, aqui, que ‘o certo’ não existe. Procurar tornar-se apto para o mercado de trabalho sem saber qual o objetivo desejado é a melhor forma de conseguir bons empregos e uma eterna infelicidade. Isto acontece porque as questões mais importantes do processo de escolha profissional não foram feitas:

“o que eu quero fazer com a minha vida?”, “o que é importante para mim?”.

Um MBA pode ser fantástico para algumas escolhas de carreira e praticamente inútil para outras. Sem esses questionamentos, geralmente o jovem vive uma situação de conflitos, quando encontra um trabalho bem remunerado mas que não lhe traz satisfação. Surgem oportunidades financeiramente excelentes, justamente porque ele adquiriu uma formação aprofundada – porém, que não sabia exatamente porque estava fazendo. Uma oportunidade puxa a outra e quando esse jovem – já não tão jovem – pára para analisar, se pergunta como será que chegou lá. Pode concluir que não gosta nem um pouco do que faz, mas já investiu tanto tempo e esforço naquela carreira, que a mudança se tornou um desafio de proporções dantescas”.

*Arthur Diniz tem MBA pela Columbia Business School e curso de extensão em coaching estratégico pela FIA-USP. Foi escolhido em 2001 um dos CEOs do Futuro pela Korn/Ferry, FIA-USP e VOCE S/A (Revista Você S/A_setembro 2004).

Mudar é sim essencial para sua carreira, mas sem esquecer alguns princípios básicos como: honestidade, ética e respeito ao próximo. E você está pronto para mudar???

Fonte: Leandro Martins (via TI Especialistas)

Anúncios

Tags:

About Desmonta&CIA

Somos um blog que busca informar aos apaixonados por tecnologia tudo sobre o mundo de TI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: