Dicas e Monitoramento de Performance para o Hyper-V – Parte I

Dicas e Monitoramento de Performance para o Hyper-V – Parte INeste post são passadas dicas para monitoramento da performance em hosts e VMs no Hyper-V e outras como melhorar a performance do seu ambiente virtualizado. Lembramos a todos que em um ambiente virtualizado , temos quatro recursos essenciais que devemos monitorar para garantir performance: DISCO, MEMÓRIA, REDE e PROCESSADOR.

Para monitorar o Hyper-V e as VMs, iremos usar o snap-in Performance Monitor.

Aqui no post vou diferenciar os que são para Host e os que são para VM. Após o nome do contador de performance tem um valor com um sinal de > < ou =. Esses valores são de referência que você deve comparar com o que foi coletado no seu ambiente.

Para Host e VM – Padrão

  • CPU: Processor(*)% Processor Time > 75%

  • Memory: MemoryAvailable MBytes < 100MBs

  • Disk:  LogicalDisk(*)Avg Disk sec/Read|Write > 15ms

  • Network:   Network Interface(*)Output Queue Length > 2

Contadores de Performance – Disco

  • LogicalDisk(*)Avg. Disk Sec/Read|Write

    OK: < 10ms (0.010) – Perigo: > 15ms (0.015) – Crítico: > 25ms (0.015)

  • LogicalDisk(*)Disk Transfers/sec

    Essa é a velocidade de transfência do seu disco, que o fabricante promete.

Contadores de Performance – Processador

  • Hyper-V Hypervisor Logical Processor(*) % Total Run Time
  • Hyper-V Hypervisor Virtual Processor(*) % Guest Run Time – Para VMs

    OK: < 75% – Perigo: >75% – Crítico: > 85%

  • Evite usar Task Manager! Consome processamento no momento da medição e se executado em uma VM o resultado não é confiável.

Contadores de Performance – Memória RAM

  • MemoryAvailable MBytes: Avalia Memória RAM disponível

    OK: > 10% of RAM – Perigo: < 10% of RAM – Crítico: < 100MBs

    Esses contadores se aplicam a Hosts e VMs.

  • Uma detalhe interesante é que o número de páginas por segundo muito alto caracterizava memória no limite, mas esse artigo faz mudar esse pensamento:  “The Case of the Phantom Hard Page Faults”

Contadores de Performance – Rede

  • Network Interface(*)Output Queue Length

    OK: < 1 na média – Perigo: > 1 na média – Crítico: > 2 na média

    Fonte: Lorscheider Santiago

Anúncios

Tags:

About Desmonta&CIA

Somos um blog que busca informar aos apaixonados por tecnologia tudo sobre o mundo de TI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: