O que a nuvem privada muda para profissionais de TI?

CarreiraInfraestrutura aumenta desafios das empresas para gerenciar mão de obra e representa oportunidades para profissionais.

Todas as vantagens relacionadas às nuvens privadas com relação a custo e eficiência já foram bastante discutidas no mercado e, em muitos casos, comprovadas. Mas o que pode complicar a migração para a nuvem privada não fica somente nos fundamentos da arquitetura, modelos de serviços, governança e consumo. Está também em como transformar os profissionais com habilidades concentradas em infraestruturas tradicionais em profissionais aptos a gerenciar as nuvens privadas.

A primeira constatação de especialistas é que isso se transformou em oportunidade para os profissionais de TI. A nuvem privada exige que eles aprofundem muito suas competências tradicionais para conseguir aplicá-las no novo conceito. Um exemplo: o administrador de storage precisará mergulhar mais fundo nos seus conhecimentos dentro dos mundos físico e virtual dos equipamentos para conseguir fazer provisão de recursos para a nuvem e não somente para uma ou algumas aplicações.

Em segundo lugar, os profissionais de TI  precisarão de expertises mais amplas para transcender os silos tradicionais de TI. Para quem você ligaria para implantar, gerenciar e prestar suporte a blocos prontos de hardware para nuvem privada, com armazenamento, redes e virtualização integrados? Há três pessoas hoje para supervisionar cada um desses vetores ou somente uma que atende todas essas competências? É óbvio que os que possuem competências abrangendo todos esses elementos  serão os que trarão mais benefícios quando a empresa embarcar na nuvem.

Um terceiro aspecto diz respeito à relação com os negócios. Nuvem privada, por seu modelo de provisão de recursos, é a que mais se aproxima do mundo dos negócios do que todas as outras. E essa tecnologia deve alterar profundamente a dinâmica da organização nesse aspecto.

Isso envolve uma mudança total de comportamento, que passa a ser orientado a negócios. Papéis mudam, jargões devem cair e a abordagem entre TI e negócios deve ser íntima, de entendimento mútuo. Mas a tarefa árdua não é exclusiva do departamento de tecnologia. Os profissionais das áreas de negócios devem ser convencidos de que precisam trabalhar de forma colaborativa, entender o valor dos novos modelos tecnológicos e balizar o trabalho da TI.

Os desafios são grandes. Planejar esse aspecto com cuidado é fundamental para tirar as vantagens da elasticidade que a nuvem traz. Entre as medidas a serem tomadas, está a troca de informações e treinamento mútuo entre os funcionários para difundir e aprofundar competências, em um processo que deve ser conduzido pelas lideranças. Essa é uma chance também para os profissionais testarem seus conhecimentos e habilidades sobre os conhecimentos de TI.

No final, também multiplica-se a importância de mostrar ao profissional que ele terá um  papel muito importante se conseguir reunir os conhecimentos necessários e agregar valor, não só para a companhia, mas também para suas carreiras.

Fonte: Sanjay Mirchadani – CIO/EUA

Anúncios

Tags:

About Desmonta&CIA

Somos um blog que busca informar aos apaixonados por tecnologia tudo sobre o mundo de TI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: