Esgotamento de endereços IPv4 não demora

acabando Gestores da tabela de endereços IPv4 (tradicionais endereços IP) projetam o esgotamento dos endereços livres para o começo de 2011. Assim que os últimos lotes de endereços IPv4 forem designados, os operadores de redes globais deverão acelerar a migração para o modelo IPv6, que dispõe de um volume de endereçamentos muito mais ampla que seu antecessor.

Depois de distribuir um lote de endereços IPv4 para o APNIC, órgão responsável por alocar essa tabela para países da região Ásia/pacífico, o NRO (Number resources organuization – organização de recursos numéricos, em tradução livre do inglês) afirma restarem apenas 12 blocos de endereçamento disponíveis, cada um composto por 16 milhões de seqüências exclusivas.

“A alocação desse lote será um marco de enorme importância para a Internet e significará o início da migração para o modelo de endereçamento do IPv6”, afirma o presidente do conselho da NRO, Axel Pawlik. “É crítico que os gestores se mobilizem na adoção do IPv6 ainda em tempo hábil”, afirma Pawlik.

O endereçamento IP é a espinha dorsal da internet e de todos os serviços relacionados. Cada computador, cada roteador e todos os servidores conectados à web têm um exclusivo por onde recebem e enviam informações.

A atual tabela foi desenvolvida nos anos 80. Àquela época a internet era formada basicamente por redes universitárias e por laboratórios de pesquisa. Para suprir essas redes, o endereçamento de 32 bits bastava. Mas, passados dez anos, começaram a surgir as primeiras preocupações referentes ao esgotamento da tabela.

A preocupação aumentou em meados da década de 90, com a expansão de conexões web domésticas e corporativas. Então o modelo IPv6 foi desenvolvido. Este, no lugar dos tradicionais 32 bits, suporta robustos 128.

O fato da NRO distribuir os blocos finais de IPv4 não significa uma mudança radical aos usuários finais. Muitas das providências necessárias ao suporte do novo esquema já forma implementados. Um sinal de que a transição deve ocorrer de forma tranqüila é o fato de não haver uma corrida acelerada em direção aos endereços IPv4 restantes.

ipv6 Mas tudo indica que a maioria das empresa já estão aptas a lidar com o IPv6, sucessor do endereçamento de 32 bits.

Fonte: Desmonte&CIA

Anúncios

Tags:

About Desmonta&CIA

Somos um blog que busca informar aos apaixonados por tecnologia tudo sobre o mundo de TI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: