Adote um servidor em sua pequena empresa

Seu pequeno escritório provavelmente utiliza mais de um computador no dia a dia. Para gerenciar tarefas entre todos os PCs de seu negócio, pense em usar um servidor específico para pequenas empresas.

A princípio, os principais benefícios deste hub central serão: espaço compartilhado para armazenamento e mais opções de backup. À medida que as necessidades de sua empresa crescerem, no entanto, você poderá usar o servidor para projetar e testar um site e hospedar serviços de intranet.

Escolhendo um servidor
Os servidores mais baratos possuem baixos requisitos de hardware: um PC com processador Pentium Pro consegue lidar com um servidor baseado no Ubuntu Linux. O Windows Small Business Server 2008 está um passo além disso; você poderá roda-lo num PC novo ou comprar um servidor com ele pré-instalado.

O Small Business Server 2008 é ideal para uma equipe de até 24 pessoas. Com 25 ou mais funcionários, o Windows Essential Business Server 2008 é mais apropriado. Os revendedores de hardware e software para servidor em geral ajudam na instalação o configuração, mas provavelmente você vai precisar de uma equipe in loco de consultoria de TI para fazer a manutenção.

O Windows Home Server foi feito para compartilhar mídia e fazer simples backups de rede, mas seu foco limitado não deixa espaço para você crescer. O Mac OS X Server lida bem com tarefas administração de rede em ambientes multi-plataforma, principalmente se tivermos algo baseado primariamente em Mac.

Para empresas focadas em PC, um servidor Windows oferece mais automação e setups para clientes Windows.

Servidores baseados no Ubuntu Linux
Se você já se sente confortável tocando uma rede, você pode estar pronto para um servidor simples que usa o Ubuntu Linux. Este sistema operacional gratuito vem nas versões desktop e servidor, e cada uma delas roda os mesmos aplicativos.

A versão servidor é pré-configurada com ferramentas de rede, incluindo o compartilhador de arquivos Samba e o OpenSSH. Seu kernel é aperfeiçoado para tarefas responsivas de servidor. Os iniciantes podem achar sua interface de linha de comando assustadora, mas ativar a interface gráfica do Ubuntu é fácil.

Baixe o Ubuntu, gratuito, grave-o num CD e rode o instalador. Você precisa conhecer um pouco do básico sobre redes – os conceitos por trás de endereço de IP manual, hardware do roteador e permissões para compartilhar arquivos; instalação de hardware; upgrade de RAM; e outras noções básicas de hardware – antes de começar. Você deve estar apto a conhecer o Ubuntu e configurar o PC ao mesmo tempo e à medida que vai avançando.

Caso contrário, talvez seja melhor comprar um servidor pré-instalado e usar o serviço técnico que costuma acompanhá-lo.

Diferentemente de outros casos, o Ubuntu oferece controle total sobre o servidor. Você ainda consegue ter um nível profundo de customização, o que inclui um acervo de aplicativos Linux.

Por outro lado, o Windows Small Business Server não funciona além das opções da Microsoft sem a ajuda de plug-ins especiais. Esses complementos podem se encaixar às necessidades de sua empresa, mas o resultado fica devendo a liberdade de um Linux.

Windows Small Business Server 2008
Este é um servidor corporativo projetado para empresas de até 75 funcionários e sem equipe de TI in loco. O pesado tutorial do servidor faz perguntas sobre suas necessidades e ajusta as configurações baseado em suas respostas.

Pense no Small Business Server como uma instalação pré-configurada do Windows Server. Ele inclui quase todos os mesmos recursos, mas você gerencia tudo.

Achamos que sua instalação foi mais fácil do que a do Ubuntu, mas você também precisa de algum conhecimento básico de rede para fazer tudo funcionar.

Como outros produtos da Microsoft, o Small Business vem numa infinidade de sabores e versões. A edição Standard deveria cobrir amplamente a maioria das necessidades das pequenas empresas e isso inclui Exchange Server para calendário e e-mail.

Se você gerencia seu próprio serviço de e-mail e web, recomendamos que você os hospede; sem uma equipe de TI, é melhor pagar outra empresa para fazer a hospedagem.

A edição Premium inclui uma segunda licença para instalar o Windows Server em outro PC ou máquina virtual, além do Microsoft SQL Server. Um servidor SQL pode ajudar a rodar aplicativos baseados em rede e pode ser útil para desenvolver e testar sites e outros serviços relacionados. Mas, de novo, seu servidor web provavelmente oferece serviços SQL também.

O Small Business Server segue o esquema de preço por licença de outros sistemas operacionais para servidores. Os pacotes básicos incluem cinco licenças para ser divididas por usuário ou por PC.

Cada licença extra 77 dólares no caso da Standard Edition e 189 dólares no caso da Premium Edition. O custo cobre licenças para todos os produtos do servidor incluso nas respectivas versões. Leve isso em conta na hora de decidir.

Fonte: Desmonta&CIA

Tags:, , ,

About Desmonta&CIA

Somos um blog que busca informar aos apaixonados por tecnologia tudo sobre o mundo de TI.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: